Documento sem título
         
 
 
Telefone:
(15)
3346-4237

WhatsApp:
(15)
99161-2426
         
Av. Afonso Vergueiro, 2150 - Sorocaba/SP
 
Documento sem título
 
Home
 
Histórico
 
Categorias
 
Edital
 
Benefícios
 
Base Territorial
 
Convenções
 
Associe-se
 
Contribuições
 
Homologação
 
Parceiros
 
Notícias e Novidades
 
Espaço da Mulher
 
Jornal do Sindicato
 
Mural do Sindicato
 
Mapa de Localização
 
NOTÍCIAS
 
Notícia - Emprego doméstico cresce no ritmo mais veloz desde 2012 18/01/2016
Emprego doméstico cresce no ritmo mais veloz desde 2012

Com menos oportunidades de emprego em serviços e no comércio, o contingente de trabalhadores domésticos cresce em ritmo cada vez mais intenso no país, mostram dados do IBGE divulgados nesta sexta-feira (15).

De agosto a outubro de 2015, o contingente chegou a 6,147 milhões de pessoas (com e sem carteira assinada). Eram 154 mil pessoas a mais frente ao mesmo período de 2014, crescimento de 2,6% e a maior alta da série histórica da pesquisa, de 2012.
O grupo inclui uma diversidade de trabalhadores domésticos, como faxineira, cozinheiras, babás, jardineiros, motoristas. A maioria, contudo, é formada por mulheres dedicadas aos cuidados gerais da casa.

O número de empregadas domésticas vinha se reduzindo nos últimos anos. Os motivos são muitos, como melhores oportunidades de emprego, aumento da qualificação, maior renda no ambiente familiar.

Segundo Cimar Azeredo, coordenador de Trabalho e Rendimento do IBGE, com a tendência de crescimento do número de trabalhadores domésticos, o rendimento da profissão também encolheu.

“No passado tínhamos famílias com renda maior e podendo pagar mais pelo trabalhador doméstico, que estava mais escasso no mercado. O que temos agora é a busca por inserção nesse emprego”, disse Azeredo.
Rendimento
Segundo a Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios), divulgada pelo IBGE nesta sexta, o rendimento do trabalhador doméstico caiu 2,4% no trimestre terminado em outubro, frente ao mesmo período do ano anterior, para R$ 742 em média.

Azeredo acrescenta que muitas mulheres que perderam o emprego sem garantias não podem esperar na fila de emprego por uma oportunidade melhor. Elas acabam buscando a inserção imediata no trabalho doméstico.

Fonte: Gazeta do Povo
 
 
Documento sem título
 
Sindicato das Empregadas Domésticas de Sorocaba e Região
Av. Afonso Vergueiro, 2150 (Passando o Sorocaba Shopping)
Sorocaba / SP
Telefone: (15) 3346-4237
Este site teve 15954 visitas até o momento