Documento sem título
         
 
 
Telefone:
(15)
3346-4237

WhatsApp:
(15)
99161-2426
         
Av. Afonso Vergueiro, 2150 - Sorocaba/SP
 
Documento sem título
 
Home
 
Histórico
 
Categorias
 
Edital
 
Benefícios
 
Base Territorial
 
Convenções
 
Associe-se
 
Contribuições
 
Homologação
 
Parceiros
 
Notícias e Novidades
 
Espaço da Mulher
 
Jornal do Sindicato
 
Mural do Sindicato
 
Mapa de Localização
 
NOTÍCIAS
 
NotŪcia - Como calcular a dedu√ß√£o do empregado dom√©stico no IR Aaesar do piso regional em vigor no Rio, conta deve ser feito sobre o m√≠nimo nacional 11/04/2016
Como calcular a dedução do empregado doméstico no IR Aaesar do piso regional em vigor no Rio, conta deve ser feito sobre o mínimo nacional

RIO - O empregador que for deduzir o pagamento do INSS do empregado no Imposto de Renda (IR) deste ano precisa ficar atento a duas quest√Ķes, alerta Mario Avelino, presidente do Dom√©stica Legal, que funciona como um departamento pessoal para cerca de 18 mil empregadores em todo o pa√≠s. Apesar do piso regional em vigor no Rio, o c√°lculo deve ser feito sobre o m√≠nimo nacional vigente naquele per√≠odo, e, como houve mudan√ßa em outubro do INSS para o empregador de 8% para 12%, √© preciso fazer um c√°lculo at√© setembro e outro a partir de outubro. O teto para dedu√ß√£o no IR neste ano √© de R$ 1.182,20. E s√≥ pode ser deduzido um empregado por CPF.

Nos cálculos para dedução do IR 2015, declarado em 2016, devem ser considerados os salários de dezembro de 2014 a novembro de 2015. No caso de o empregado receber um salário mínimo, que em 2015 foi de R$ 788, a restituição ou dedução mensal fica em R$ 94,56 no período de janeiro a setembro de 2015, pois o INSS do empregador era de 12%. Nos meses de outubro a novembro do ano passado, a dedução passou a ser de R$ 63,04, em função da redução do INSS do empregador doméstico para 8%. Em dezembro de 2014 o salário mínimo era de R$ 724, o que dá uma restituição de R$ 86,88, já que o INSS do empregador era de 12%.

Como e o INSS sobre o 13¬į sal√°rio de 2015 foi recolhido em janeiro, ele n√£o entrar√° no c√°lculo da dedu√ß√£o em 2015. Ser√° abatido na declara√ß√£o de 2016, que ser√° feita em 2017.

Para as férias pagas em dezembro de 2014 será restituído ou deduzido o INSS sobre um terço de de férias no valor de R$ 28,86. Se foram pagas entre janeiro e setembro de 2015, o valor é de R$ 31,52. Se foram pagas entre os meses de outubro e dezembro/2015, o valor é de R$ 21,01.

Caso a empregada tenha saído ou se afastado durante o ano e o empregador tenha admitido nova empregada, é preciso fazer um cálculo para cada uma. Os resultados devem ser somados para declaração.

Pela Lei 11.324 de 2012, este seria o √ļltimo ano que o empregador dom√©stico poderia deduzir o INSS na declara√ß√£o anual de IR, mas este prazo foi estendido at√© 2018.

Fonte: G1
 
 
Documento sem título
 
Sindicato das Empregadas Domésticas de Sorocaba e Região
Av. Afonso Vergueiro, 2150 (Passando o Sorocaba Shopping)
Sorocaba / SP
Telefone: (15) 3346-4237
Este site teve 19544 visitas até o momento